Os pneus e a IPO: problemas e conselhos

Imagen: 
os pneus e a IPO

Antes de levar o seu carro à Inspeção Periódica Obrigatória (IPO), convém verificar alguns pormenores importantes que vão ajudá-lo a evitar uma desilusão. Ou seja, a reprovação da viatura e a obtenção do indesejado selo vermelho! Passo a passo vamos então dar-lhe uma série de conselhos sobre aquilo que deve ter em atenção em relação aos pneus do seu automóvel, para que possa superar satisfatoriamente a inspeção obrigatória para todos os veículos com mais de 250 cc que circulam em Portugal.

Convém esclarecer que o ponto de vista deste artigo é a relação dos pneus com a IPO. Os pneus são o elemento de segurança mais importante de qualquer veículo, cabendo-lhes a responsabilidade de fazer parar o seu carro numa travagem de emergência. Por isso, na Euromaster, aconselhamos a verificar frequentemente o estado dos pneus do automóvel, e não apenas quando chega a altura de levar o veículo à inspeção.

Que pormenores deverá verificar nos pneus antes da IPO?

Em primeiro lugar, devemos ter a certeza que o automóvel possui pneus com as medidas homologadas pelo fabricante. Podem confirmar-se essas medidas no “Documento Único Automóvel” (ou livrete para viaturas mais antigas), que indica as dimensões de pneu autorizadas para o veículo. Se não estiver em conformidade com o documento, os inspetores do Centro de IPO reprovarão a viatura. Além das dimensões mais habituais de um pneu (diâmetro/largura/altura), deve ter-se em conta o índice de carga e velocidade. Estes últimos valores têm obrigatoriamente de ser iguais ou superiores ao que está averbado no documento da viatura. Em caso algum é também permitida a utilização de pneus com largura inferior à indicada. A nível técnico, o diâmetro exterior do pneu equivalente ao original não pode exceder uma variação de 5%.

Outro ponto que deve verificar antes de levar carro à IPO é o estado físico dos pneus. Em toda a zona de rodagem, a profundidade dos sulcos do piso do pneu não pode ficar abaixo do mínimo estabelecido: 1,6mm para os veículos ligeiros e 1,0mm para os pesados. Esta operação é uma das mais fáceis de realizar, uma vez que os pneus dispõem de pequenos sinais avisadores no interior dos canais de drenagem (ou sulcos), que indicam quando chegou a altura de serem substituídos. Em caso de dúvida, pode dirigir-se ao centro Euromaster mais próximo, para que sejam os especialistas a pronunciarem-se sobre as condições dos pneus.

Também é importante certificar que os pneus não têm qualquer dano externo, como cortes profundos ou deformações, que imediatamente conduziriam à reprovação. É igualmente necessário confirmar que existem pneus iguais em cada um dos eixos da viatura, ou seja, obrigatoriamente da mesma marca, modelo e dimensão.

Por fim, não menos importante, antes de levar o veículo à IPO inspecione se os pneus estão montados na direção de rodagem adequada. Este pormenor não é algo com pouca importância, uma vez que os fabricantes desenham os sulcos de um pneu de modo a para garantir a máxima tração tanto em aceleração como em travagem. Assim, caso tenham sido montados ao contrário, não é possível aproveitar todas as capacidades que eles podem oferecer.

Se precisar de trocar os pneus, pode visitar a nossa loja de pneus online.

Categorías:

Adicionar novo comentário