Limitador de velocidade

Imagen: 
Limitador de velocidade

Limitador de velocidade – O que saber?

Se não sabe o que é um limitador de velocidade para carros porque nunca teve um carro com um, não se apoquente, trata-se de um controlador que é relativamente recente e tem vindo a ser instalado de série em cada vez mais carros das mais variadas marcas. Na verdade, em Portugal, estes limitadores passivos ou ativos são instalados durante a produção de carros desde 2001, impressionante, certo?

Para não haver dúvidas, o limitador de velocidade apenas limita a velocidade máxima, não a mínima e, ao contrário do popular Cruise Control, o condutor não é obrigado a conduzir sempre à mesma velocidade. Então e se ultrapassar a velocidade máxima definida, o que acontece? Regra geral, dependendo do modelo, pode contar com avisos visuais (luzes) e sonoros. O abastecimento do combustível é regulado e, em muitos casos, o pedal do acelerador fica literalmente mais pesado.

Mas qual é a necessidade desta peça, está a perguntar-se? Bem, o seu objetivo principal tem a ver diretamente com a segurança rodoviária, em especial a de passageiros e mercadorias. Ao abrigo de requisitos jurídicos locais e europeus específicos, dita a lei que nos veículos de transporte de passageiros a velocidade máxima de um limitador de velocidade para veículos é 100 km/h e nos de mercadorias 90 km/h.

Atenção, nem todos os veículos que circulam nas estradas portugueses pode ter estes limitadores. É o caso dos pertencentes às forças armadas, bombeiros e similares.
Por forma a garantir o correto funcionamento, instalação e certificação de um limitador de velocidade é colocada uma placa de montagem selada, que inclui todos os dados relevantes que serão verificados na inspeção periódica. A ideia é impedir a sua manipulação, remoção e/ou outras alterações.

Em termos dos veículos comerciais ou ligeiros de passageiros, a velocidade máxima é frequentemente estipulada pelo fabricante. Por exemplo, os carros alemães com grande potência de marcas como a Mercedes ou a Audi vêm equipados de série com limitadores que não permitem ultrapassar os 250 km/h. Em Portugal, conduzir a tais velocidades dá multas pesadas, sendo considerado uma infração grave a muito grave. Ainda assim, nesses casos, há quem procure desinstalar o limitador. Mas cuidado, tal prática é vivamente desaconselhada.

Com cada vez mais câmaras de velocidade a serem instaladas nas estradas nacionais, incluindo as dos pórticos das numerosas autoestradas eletrónicas, se a sua segurança não for motivo suficiente para aceitar as limitações técnicas do veículo que conduz, que o seja o motivo económico e a sua mobilidade.

A título de curiosidade e com o novo sistema de pontos atualmente implementando, as multas aplicáveis por excesso de velocidade rondam os 60-300 euros para excessos inferiores a 30 km/h, 120-600 euros entre os 30-60 hm/h acima da velocidade máxima e 500-2.500 euros para velocidades na ordem dos 80 km/h acima da velocidade permitida. No entanto, a pensar exatamente nisto, marcas como a Ford começaram a fabricar modelos com limitadores de velocidade inteligente, que permitem regular a velocidade automaticamente.

Categorías:

Adicionar novo comentário